FORGOT YOUR DETAILS?

Compre!

ENSAIOS SOBRE A ELOQUÊNCIA JUDICIÁRIA Maurice Garçon

R$54,00 R$48,60

Em estoque

Descrição

Autor: Maurice Garçon
Tradutor: Amilcare Carletti

Qualificações Autor e Tradutor: Vide Apresentação

Edição:  2002 – Pgs: 268 – Capa: Dura

Formato:  14 x 21 cm – Peso: 0,430 Kg

ISBN: 85-87484-12-5

Código de Barras: 8587484125

Apresentação

Neste clássico, se constata a presença de muitos adjetivos de origem grega que o autor usa como se fossem pessoas, ou personagens, mas que na verdade são expedientes usados por ele para melhor se fazer entender nos assuntos de que trata, colocando em ação cada adjetivo personificado, como por exemplo, Acrites, que não é um recurso da oratória ou da eloqüencia, mas a personificação do adjetivo akristov (se pronuncia acristós) que significa confuso. Daí o senhor Acrites é um orador cuja eloqüência é “confusa”, ou seja,  suas explicativas são “confusas”. No capítulo conclusão, do livro, o autor dá essa explicação e confessa o emprego desses artifícios, como recurso.

Qualificação do Autor

Maurice Garçon. Mestre da Academia Francesa, um  dos mais eloquentes advogados dentre os maiores oradores da história mundial da advocacia.

Tradutor
Amilcare Carletti
. Advogado criminalista em São Paulo, Doutorado em Direito Penal pela USP-Universidade de São Paulo e autor da várias obras jurídicas

Sumário

Introdução

Capítulo I
Apistes ou o fundamento moral da eloqüência

Capítulo II
A retórica abandonada

Capítulo III
Das disposições naturais e da cultura

Capítulo IV
Da escolha dos modelos

Capítulo V
Do caráter oral do discurso e da fluência do orador

Capítulo VI
Do estilo, da leitura e da recitação

Capítulo VII
Da clareza e da utilidade

Capítulo VIII
Da naturalidade

Capítulo IX
Acerca de alguns processos

Capítulo X
Acerca de alguns processos (continuação)

Capítulo XI
Do plano

Capítulo XII
Do exórdio

Capítulo XIII
Da narração

Capítulo XIV
Da discussão

Capítulo XV
Da peroração

Capítulo XVI
Conclusão

 

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “ENSAIOS SOBRE A ELOQUÊNCIA JUDICIÁRIA Maurice Garçon”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *